Unificação com o Todo

Unificação

 

Recomendo a todos que assistam ao filme: “A outra dimensão”, (Paradox), com Kevin Sorbo. É um filme sobre um universo paralelo, em que a magia é que é o paradigma dominante. Lá os cientistas é que são vistos com desdém. É o contrário da nossa dimensão. Aqui a ciência domina e tudo que é magia é visto com maus olhos. Esta cisão aconteceu a alguns séculos em nosso mundo. E isto vem acarretando uma visão distorcida da realidade, que está atrasando a evolução da humanidade sobremaneira.

 

O materialismo científico domina toda a literatura científica. O que não está de acordo com seus dogmas é taxado de anti-científico. E isso é a pior das ofensas.

 

A questão é que quando aparece a Mecânica Quântica,  ela também é rechaçada como se fosse magia. Embora seja usada por todos. 90% de todos os avanços tecnológicos que usamos no dia a dia são baseados na Mecânica Quântica. E isso acontece porque na Mecânica Quântica a fronteira entre a matéria e a consciência desaparece. E os materialistas não podem aceitar o primado da consciência. É por essa razão que a resistência é tão feroz contra a Mecânica Quântica. Para que não entendam o que significa ela. Quando se estuda sem preconceitos fica claro que a consciência está por trás desta realidade que julgamos material.  Mas, quando temos de tratar com ondas de probabilidade a coisa fica complicada para os materialistas. O mesmo com o Principio da Incerteza, o Colapso da Função de Onda e a spintrônica. Sem falar da Dupla Fenda. O pior dos pesadelos para os mesmos. E assim por diante. Inúmeros experimentos mostrando que não existe nada sólido. Que tudo são ondas. Que é apenas uma questão de percepção da realidade.

 

Um escritor disse que toda tecnologia avançada parece magia. Para aqueles que não entendem a ciência que está por trás da magia. Tudo tem uma explicação, mas é preciso pensar e estudar sem preconceitos. O que é muito difícil. Como já disseram: convencer alguém de alguma coisa, sendo que o salário dele depende de não entender tal coisa, é uma missão impossível.

 

Nosso trabalho visa provocar a unificação de tudo isso. A Realidade Última é unificada. Não existe nenhuma divisão entre ciência e magia. É uma coisa só. É o que se chama entre nós Metafísica. É Física, mas uma física que está além da nossa. Sem nenhuma divisão. Está Metafísica tem aparelhos tecnológicos, mas todos sabem que é a consciência a chave de tudo.

 

Hoje em dia o conhecimento esotérico é visto como pura crendice e coisa de charlatão. Estas pessoas não param para analisar e ver que tudo que é dito esotérico é baseado no uso de ondas e frequências.

 

No nosso mundo um cientista como Nikola Tesla, que dizia falar com extra-terrestres, é simplesmente ignorado. Apesar de suas patentes terem sido roubadas. Estudem quão grande foi ele. E o quanto foi roubado.

 

Hoje em dia temos religiosos que vão à mídia e atacam os que não são daquela fé, mas que quando têm problemas, vão num centro de Umbanda ou Candomblé na calada da noite pedir socorro para seus males. Isso é que atrasa a evolução neste planeta.

 

Todas essas vertentes do conhecimento usam frequências para conseguirem os efeitos que conseguem. Esse é o denominador comum entre tudo que foi citado acima.

 

A Ressonância Harmônica é a unificação de todos os conhecimentos. Nela você pode entender como é a Realidade Última e como obter os resultados que deseja.

 

 

 

Espírito I

 

Numa das últimas palestras uma pessoa do lado espiritual, um desencarnado no astral, fez a seguinte pergunta: “Como faço para me unificar com o Espírito?”.

 

A palestra é sempre dada para os dois lados da realidade: o da Terceira Dimensão (a nossa) e o  primeiro nível acima (o astral). Muitas pessoas vêm do lado do astral para assistir a palestra. Desta forma, muita coisa é falada apenas para eles. Pode ser que alguém da nossa dimensão não entenda porque aquilo está sendo falado. É porque é para os do outro lado.

 

Agora vejamos, os da nossa dimensão (Terceira) querem sentir o lado espiritual e quem já está do lado de lá (forma de falar, todas as frequências ocupam o mesmo lugar no espaço), continuam querendo chegar ao espírito! Percebam que o problema persiste. Não importa de que lados estejam a questão da unificação com o Todo persiste. O que esta pessoa que fez a pergunta precisa é sentir a Centelha Divina. Quando ela sentir dentro de si a Centelha essa dúvida desaparece e ela se sentirá unificada com o Todo. O mesmo acontece com os da nossa dimensão. Quando sentirem a Centelha não terão mais nenhuma dúvida sobre a existência do lado espiritual e do Todo.

 

 

 

Reconstrução planetária através da Unificação Crística com o Todo

 

 

É da mais extrema urgência que o maior número possível de pessoas decidam unificar-se ao Todo através do Amor. Quando decidem isso um cordão fluídico aparece ligando a pessoa ao Todo.

 

Da mesma forma a divulgação da Mandala da ICA deve ser feita através do coração da pessoa. Através do exemplo de Amor Incondicional. Não se deve usar adesivos. O que realmente fará a diferença será colocar a Mandala dentro do próprio coração. Simbolicamente é claro. Cada pessoa emanando o Amor do Todo fará com que cheguemos numa massa crítica indispensável.

 

A negação da realidade que acontece hoje em termos planetários, só pode ser vencida através do Amor do Todo. Através do Amor pelo Todo.

 

Todos os problemas podem ser resolvidos, mas a única forma de resolve-los é Amar ao Todo.

 

 

 

Vida Plenamente Vida Transcendente

 

 

Para que a vida possa ser plena é indispensável a Unificação com o Todo. Deixar de lado a parte mais importante da realidade é inviável. Para isso precisamos incorporar a transcendência na vida diária. Tudo deve ser feito em unificação.

 

Essa é a ideia da Reconstrução Planetária. Sem a unificação é apenas uma utopia.

 

A primeira parte da Reconstrução Planetária levará 500 anos porque até que se tenha uma massa crítica de pessoas unificadas levará tempo. Massa crítica é quando o número chegou num nível que se multiplica sozinho.

 

Vejamos um exemplo: uma pessoa que chegou à Iluminação Espiritual (Aceita a Centelha Divina) poderia passar esse conhecimento para duas pessoas. Cada uma dessas pessoas passaria para mais duas e assim por diante. Se cada pessoa que recebe o conhecimento também chega à Iluminação, teríamos em pouquíssimo tempo o número ideal de pessoas para começar efetivamente a Reconstrução. Mas, para isso cada pessoa precisa aceitar incondicionalmente a Centelha Divina e ser coerente com essa aceitação.

 

Vejamos uma situação prática. A destruição do sistema ecológico do planeta Terra terá graves consequências em todas as áreas da vida planetária. Detalharemos isso nas próximas postagens. Hoje quero chamar a atenção para o fato de que a floresta amazônica transpira todo dia 20 trilhões de litros de água. Essa é a água que chove depois. Já foi desmatado 20% da floresta. As consequências são evidentes.

 

Baseado em que critério as pessoas parariam de desmatar a floresta? E iniciariam sua recuperação? No momento só o critério econômico é que conta. Isso é o que chamo de Economia Materialista. Parar de desmatar por ter aceitado a Centelha Divina é o que chamo de Economia Espiritualista.

 

O mesmo vale para a emissão de carbono e etc.

 

Sem uma mudança de visão de mundo o que proponho é pura utopia, mas quando as pessoas aceitarem a Centelha Divina tudo isso será realidade. É por essa razão que a primeira fase levará 500 anos. É um prazo razoável para que a humanidade aceite a Centelha Divina. Pode ser em menos tempo, mas para isso precisamos de muitas pessoas Iluminadas trabalhando para esse objetivo.

 

 

 

Escala de Maslow – Ascensão – Um Somos Nós – Unificação

 

 

A Escala de Maslow tem cinco degraus. Quando uma pessoa resolve o degrau em que está, ela passa para o próximo. Os cinco são: Fome, Sexo, Poder, Autoconhecimento e Espiritualidade. Normalmente somente quando a pessoa satisfez sua necessidade é que pula para o próximo nível. Existem pessoas que dão saltos, mas a maioria segue essa escala de necessidades. Por exemplo: uma pessoa que passa fome somente porá atenção no sexo, relacionamento e perpetuação da espécie, depois que resolver a questão da sobrevivência pessoal. A necessidade de alimentação. Somente quem já passou fome pode entender que a escala funciona desta forma.

 

O tempo todo pessoas tentam entrar nos países “ricos” por todos os meios possíveis. No momento até barcos são usados para transportar essas pessoas e abandona-las perto da costa. Outros são detidos nas praias e devolvidos. Outros cruzam desertos e muitos morrem na tentativa. E assim por diante. No momento são milhares que tentam entrar nos países “ricos”. Estas pessoas estão desesperadas à procura de melhorar de vida. Elas estão no primeiro degrau. Esta é uma situação insustentável. Caso a visão de mundo da humanidade não mude este número subirá para milhões.

 

O ano de 2015 é um ano decisivo. Da mesma forma que foram 1914 e 1939.

 

Ainda há tempo para a mudança. O caminho passa pelo entendimento e aceitação da Centelha Divina. As pessoas podem dar saltos de consciência. Sugeri o sexto degrau como a Unificação com o Todo. Quando a Unificação acontece toda a visão de mundo muda. Tudo é visto de outra forma e todos os impedimentos para a solução de todos os problemas desaparecem. É possível saltar para o Sexto degrau a qualquer momento. É uma decisão pessoal. Uma escolha. Deixar a Centelha Divina assumir o controle. Enxergar o mundo como o Todo enxerga. Agir como o Todo age.

 

Cada pessoa tem uma parte a fazer na solução dos problemas da humanidade. Ler livros que expandam a consciência é fundamental. Nos “sebos” existem livros a preço baixo. Sugeri que cada pessoa crie uma biblioteca circulante para os amigos e conhecidos. Meus livros continuam sendo doados. Essa é uma coisa que tem um alcance enorme. Pois mudando a visão de mundo muda tudo.

 

A mudança climática está totalmente relacionada com a questão dos imigrantes. Ainda existe solução, mas a humanidade tem de mudar a forma como vê os imigrantes. Tudo está inter-relacionado e não haverá solução para problemas específicos. Esse tempo já passou. Agora a solução tem de ser integrada. Tudo tem de ser resolvido ao mesmo tempo. E isso só é possível com a Unificação.

 

Em pouco tempo lançarei um novo site sobre a Reconstrução Planetária através da Unificação com o Todo. Conforme expliquei no último vídeo divulgado. Não havendo mudança na forma de ver a realidade a transformação levará séculos e séculos. Ainda há tempo de evitar que chegue nesse ponto. Mas, a hora é agora. Cada um deve fazer a sua parte ajudando da forma que puder à quem está perto. Essa atitude em larga escala criará uma massa crítica que mudará a consciência coletiva. Essa expansão de consciência é a única solução que existe. Cada pessoa tem seu livre arbítrio e o Todo respeita cada um. Da mesma forma o coletivo da humanidade tem seu livre arbítrio e o Todo respeita esse coletivo. Por mais que um pai seja amoroso ele respeita a opção do filho e sempre mantém a porta da casa aberta para o retorno do filho pródigo. Ainda há tempo de voltar.

 

 

 

Unificação com a Centelha Divina

 

 

O que é estar unificado com a Centelha Divina?

 

É fazer a vontade do Todo sempre. É ser o Todo. É viver para o Todo. É ser do Todo. É fazer para o Todo.

 

Evidentemente que isso é o contrário do que quer o cérebro reptiliano (Complexo-R). O ego vê somente os seus próprios interesses. Em tudo. Tudo que diz respeito à manipulação, poder, território, ganância, etc. é da essência do ego reptiliano.

 

Para fazer a vontade do Todo é preciso ir contra todo o instinto. Contra todos os instintos. E isso não é fácil. Por isso a evolução leva tanto tempo. Pois, quanto mais a pessoa conhece, mais poder ela tem. E ela tem de colocar esse poder à disposição do Todo. Não pode usar o poder para seus interesses particulares. Na verdade quem está unificado não tem interesses particulares.

 

E a pessoa tem de estudar mais e ter mais conhecimento. E não pode usar esse conhecimento em benefício próprio. E deve estudar mais. É um evento circular. Um círculo vicioso, que na verdade é virtuoso. Ascendendo sem parar. Elevando a própria frequência sem parar. E só ajudando, trabalhando e estudando. Sem parar. Ad infinitum. O Todo é assim. Exatamente assim. Unificar é ficar exatamente igual ao Todo. Na mesma frequência.

 

Os místicos dizem: desaparecer no Todo. Fundir-se com o universo. São formas de falar a mesma coisa. A individualidade continua existindo, mas o ego desapareceu. Só existe o Todo. O corpo espiritual pode se fundir com a energia do Todo e voltar a ter forma. Mas, o Todo continua unificado naquele ser. O ser pode dissolver-se no Todo e voltar a ter forma imediatamente. Dependendo da vontade do ser unificado. Isso é ser a mesma coisa com o Todo. Não importa se tem forma ou não. A consciência individualizada permanece, mas ela é o Todo. São o mesmo.

 

Isso implica em abdicar completamente do ego. De buscar os interesses pessoais. É entregar-se totalmente ao Todo. Render-se ao Todo. E isso tudo tem de ser um sentimento real. Não pode ser tática, estratégia, política, negociação, etc. O Todo está dentro de tudo. O Todo é tudo o que existe. A parábola de Jonas e a baleia é um exemplo disto. Jonas ficou dentro da baleia por 3 dias. Nós estamos dentro do Todo da mesma forma. Como Jonas iria manipular a baleia? Como fazer negócio com a baleia?

 

Portanto, unificação é uma coisa simples de entender, mas muito difícil de fazer. Normalmente acontece depois de muito sofrimento. Mas, não precisa ser assim. Pode ser de livre e espontânea vontade. A qualquer tempo.

 

 

 

Mandala Unificação com o Todo

 

Vejamos dois exemplos para facilitar a compreensão:

 

Um homem extremamente poderoso, que é dono de todas as fortunas num planeta. Imagine juntar todos os bilionários de hoje em uma só pessoa. Este homem resolve ajudar os habitantes de alguns povoados que nunca viram a civilização. Para não assustar essas pessoas ele chega acompanhado apenas de alguns ajudantes sem aparentar riqueza nem poder. Ele só pode instruir as pessoas. Ensinar como poderiam evoluir passo a passo. Despejar a riqueza que tem naqueles povoados destruiria o modo de vida deles e impor à força seria pior ainda. A única opção que resta é ensinar e orientar. E esperar até que aprendam e decidam evoluir.

 

Uma mulher especial tem a capacidade de gerar infinitos filhos dentro do seu útero. Esses filhos não precisam esperar nove meses para nascer. Ela tem o poder de tele transportá-los para fora do útero assim que são gerados, gerar novos filhos e assim por diante. Saídos do útero esses filhos continuam crescendo normalmente.

 

Esses dois exemplos imperfeitos dão uma ideia do que é o Todo. E de como Ele age.

 

A única solução para todos os problemas de todos os planetas do universo é a unificação de seus habitantes com o Todo. Unificação é deixar o ego de lado e a Centelha Divina assumir o controle. Isto não é uma coisa difícil de entender. Difícil é o ego deixar algum espaço para a Centelha agir. O ego tem seus interesses particulares e acha que esses interesses não coincidem com o desejo do Todo. Então não dão nenhuma chance do Todo provar que a melhor opção é Ele. É por isso que a solução dos problemas demora e se eterniza.

 

Um dia os habitantes da Terra decidirão que a melhor opção é o Todo. Até lá é preciso trabalhar e ter paciência.

 

 

 

Bengala

 

 

Se todos os seres estivessem no mesmo patamar de evolução e estivessem num grau de Seres de Luz, não haveria necessidade de ninguém orientar ninguém.

 

Como todos estamos em evolução O Todo em sua sabedoria infinita resolveu que a melhor forma seria que os que estão em melhor situação ajudem os que não estão. Todos se ajudariam mutuamente e todos seriam felizes.

 

É o que foi dito: “Filhinhos, amai-vos uns aos outros”.

 

Aqueles que estudaram mais ensinam aqueles que ainda não estudaram tanto. Por isso vamos nas escolas para aprender com os professores. Se não houvessem professores ninguém aprenderia mais nada. E todos já seriam emanados sabendo tudo. E seria uma coisa muito interessante ver como os seres reagiriam já nascendo sabendo tudo e sem poder aprender mais nada e fazer mais nada e etc. Quem conseguiria viver assim?

 

Por isso existem n graus de evolução e aprendizado. E todos continuam aprendendo. Todos os seres dos multiversos aprendem sem parar e estudam sem parar. E essa é a vontade do Todo.

 

Acredito que a lógica disso e a sabedoria disto seja evidente para todos.

 

Quem sabe mais ajuda quem não sabe tanto. Sem julgamento. Só ajudar incondicionalmente.

 

Os que ainda necessitam de ajuda devem pedir ajuda. Os que ainda não aprenderam tudo devem estudar com quem já aprendeu mais que eles.

 

A RH não é uma bengala. É uma ferramenta. Tente tirar um parafuso com as mãos sem uma chave de fenda. É uma ferramenta que se usa para adquirir conhecimentos e informações. Da mesma maneira que se vai numa escola para aprender algo. E quando a pessoa já aprendeu ela não precisa mais da ferramenta. Ninguém é escravo da ferramenta. Usa-se quando se precisa. E a ferramenta aumenta a produtividade. É por isso que se usa um “macaco” pra levantar um carro. E ninguém acha que o “macaco” é uma bengala. Ninguém é dependente de uma ferramenta. É uma ferramenta trazida neste instante da história da humanidade e com tempo determinado para estar aqui. Só estará aqui por um período. Para mostrar as infinitas possibilidades do universo. E só usa a ferramenta quem quer de livre e espontânea vontade.

 

Negar a validade da ferramenta é negar a possibilidade de que outras pessoas possam ser ajudadas com o uso da ferramenta.

 

O universo é de uma determinada forma. Está organizado e dirigido de uma determinada forma. Definida pelo Todo e comandada por Ele. O tempo todo. Instante a instante. Se alguns seres não concordam com a forma que o universo está feito e dirigido é uma opção deles. Isso não mudará o universo nem como ele é nem como ele é dirigido e etc. Isto é um fato. E qualquer um que vá no Astral dar uma olhada verá que é assim. Fato consumado! Se gostam ótimo se não gostam paciência. O Todo não tem de dar satisfação para ninguém. E o Todo é tão benevolente que permite que os seres que agem conscientemente contra Ele ainda continuem fazendo isso. Até que aprendam que a melhor forma não é se opor ao Todo. Será que as formigas concordam quando passa um trator no terreno para construir uma casa e o formigueiro é arrasado. Será que isso é ruim para as formigas? Toda formiga tem vida eterna e renasce n vezes. E vai evoluindo para formas superiores de organização biológica. Toda formiga reencarna. Tudo no universo reencarna o quanto for preciso. O formigueiro não perdeu nada e terá oportunidade de ser construído de novo. Será que as formigas conseguem enxergar um plano desses? Será que as formigas podem conceber um ser como o Todo? Ou sequer conceber os humanos?

 

Agora, imagine o problema dos humanos entenderem ou conceberem o que é um Ser de Luz? Ou os que vivem perto do Todo vibracionalmente?

 

Se os humanos atuais fossem dirigir o universo como seria o universo? Igual à Terra. Genocidios, guerras, exploração, mutilação, tortura, miséria, fome, etc. (A lista é infinita). Como já disse alguém sobre os humanos irem ao espaço: acautelem-se os extraterrestes. O que os humanos fizeram com os nativos americanos? Com os tuipinambás? Em Mi lay?

 

Portanto, acho que é evidente que o Todo sabe mais que os humanos e sabe como o universo deve ser dirigido. E que nada está errado no universo.

 

Considerando tudo isso é evidente que os seres de todo o universo que já entenderam quem é o Todo, sentem necessidade de agradecer ao Todo pela vida que receberam de graça. E vocês sabem que em contabilidade quando entra debita e quando sai credita. O Todo deu a vida para todos, logo todos receberam vida, isto é, entrou vida no ser e o ser está devedor. Foi debitado e o Todo creditado. Todo débito precisa ser compensado e é por isso que os seres agradecem ao Todo da forma que podem, pois a dívida nunca poderá ser paga. E ainda tem mais. O Todo não se deixa vencer em generosidade. Se um ser faz algo bom o Todo dá mais para ele. É um círculo vicioso. Quando se ama mais amor se tem e mais amor se dá e mais amor se recebe e mais amor se dá e...

 

E é exatamente isso que o Todo faz. Quanto mais um ser ajuda aos irmãos mais o Todo dá amor para ele. Acredito que a lógica do Todo é perfeita.

 

Os humanos desde sempre criaram locais de adoração do Todo. Seja numa floresta, num círculo de pedras, em zigurates, catedrais, etc. Qualquer lugar pode ser consagrado para adoração ou agradecimento ao Todo. E é um local sagrado. Estes locais existem em todas as dimensões da realidade. Quanto mais alta a vibração dimensional mais agradecimento é feito ao Todo. Lembrando que o Todo está dentro de todos os seres na Centelha Divina.

 

A Igreja Cristã de Aton, acima de tudo é uma necessidade histórica neste momento. É extremamente urgente que haja uma unificação real entre a ciência e a espiritualidade. Essa dualidade só causa problemas para a humanidade e dificulta o entendimento de quem é o Todo. Quando a unificação acontecer a humanidade poderá entrar para o rol dos planetas avançados. Isso ainda poderá levar milhares e milhares de ano. Depende dos humanos. A ICA veio ajudar neste trabalho de unificação. É para isso que foi criada aqui e agora. E quem ler o site da ICA verá que tudo isso está lá. Portanto, a ICA não é uma volta ao passado. É um passo gigantesco ao futuro. Pois, nos planetas avançados não existe diferença entre ciência e espiritualidade. Daqui a muitos anos esse trabalho será reconhecido. No momento já nasceu póstumo. Como bem disse Nietzsche.

 

 

 

Olhai os lírios do campo

Excelente livro de Érico Veríssimo.

 

Os Ferengis são uma espécie extraterrestre que cultuam o materialismo na sua expressão máxima. Seu líder espiritual é o Grande Nagus. Eles acreditam que só existe a matéria e que o universo é um continuum material. Seu único objetivo é o lucro. E para obter lucro vale qualquer coisa literalmente. O maior crime para os Ferengis é quebrar um contrato. Para a administração dos Ferengis foram criadas 285 Regras de Aquisição. Algumas são públicas, mas muitas não foram divulgadas para outras espécies. Tudo é regido pelas Regras de Aquisição. E tudo depende da interpretação das Regras. O único objetivo de um Ferengi é ganhar dinheiro, já que acreditam que com muito dinheiro terão um lugar privilegiado no Tesouro Celestial.

 

Analisando a vida dos Ferengis vemos que eles são extremamente meticulosos nos negócios que fazem. Tudo é analisado no detalhe antes do negócio ser feito e todas as variáveis ocultas são analisadas e previstas. Para um Ferengi não existe sorte ou azar. Existe a habilidade de ganhar dinheiro por qualquer meio. E essa habilidade exige muito estudo e trabalho. A vida dos Ferengis foi descrita nos livros de Ira Steven Behr. Em qualquer ramo de negócio o estudo das regras daquele negócio é da maior importância. Conhecimento é poder, poderia ser muito bem uma das Regras de Aquisição. Talvez seja uma das Regras ocultas. É por isso que a literatura Ferengi tem milhares de livros sobre negócios, comércio, especulação, etc. Eles documentam tudo sobre os negócios. O planeta é administrado pela Câmara de Comércio. A capacidade intelectual dos Ferengis é enorme. Estão sempre atentos a mais mínima oportunidade de ganho, mas que sempre dependa apenas deles mesmos. Nenhum Ferengi deve entrar num negócio sem estar muito bem instruído sobre como é aquele negócio. Trabalham e estudam sem cessar para ganhar mais e mais. Sua moeda é aceita em toda a galáxia. Quark é um membro exemplar na sociedade Ferengi (Quark é a partícula elementar que forma a matéria).

 

Quando um Ferengi vai ao banco e diz ao gerente que tem um capital para aplicar e que logo precisará dele (liquidez), se o gerente fala em aplicação de longo prazo onde não é possível mexer (resgatar) no dinheiro, o sexto sentido Ferengi “levanta as orelhas na hora”. E os Ferengis tem orelhas enormes. (Deve ser para escutar as oportunidades de negócios, como também são seu órgão erótico). Quando um Ferengi está negociando alguma coisa e vê que os termos do negócio mudam durante a negociação (mudar a regra do jogo enquanto o jogo é jogado), ele para a negociação. Os Ferengis acreditam em ficar cada vez mais ricos, mas fazendo negócios. O importante é entender que os Ferengis estudam profundamente os negócios em que entrarão.

 

 

Desde as primeiras palestras sempre falei sobre a vida do Mestre. Fiz uma palestra exclusiva sobre Zen Budismo Taoismo. Inúmeras vezes citei Sidarta Gautama, O Buda. Existe um sub-texto embutido em todas as palestras. Existem coisas que é preciso deduzir do que está sendo dito. É impossível dizer tudo. É preciso deduzir o resto. Mas, o que foi falado é absolutamente claro. Quem tem olhos veja! A mesma coisa acontece em todas as postagens, livros, etc. Nada do que está ali é por acaso. Tudo tem um objetivo e está passando uma mensagem. Ver ou ler apenas um pedaço dessas informações é não ter a visão de conjunto.

 

Um Co-Criador Consciente é alguém que chegou no estado búdico. Isso foi explicado n vezes. E o que é um Buda? O que fez Sidarta? Era um príncipe riquíssimo que largou (soltou) tudo para procurar a Iluminação Espiritual. Encontrar a Iluminação foi um longo caminho de lutas e sofrimentos. A Iluminação só acontece depois de muita preparação. Isso está implícito na vida de todos eles. Quando se fala que um monge levou uma paulada na cabeça e recebeu a Iluminação na hora, não está dizendo que é instantânea, foi depois de muita preparação e tempo que ele ficou pronto para receber a paulada na cabeça e ter o insight. Sempre há uma longa vida de estudo e preparação. Quanto mais informação tem, mais curto pode ser o período de preparação. O que faz um Buda quando chegou na Iluminação? Solta tudo porque não tem mais necessidade de nada. Como é um Co-Criador Consciente não tem mais necessidade de nada, já que cria o que precisa. E um Buda precisa de muito pouca coisa. Um Buda tem outra visão da vida. Como Lao Tsé. Ou Sócrates.

 

Quando expliquei que a pessoa tinha lido 8 vezes um livro sobre taoísmo e então entendeu é exatamente isso que aconteceu. As 8 leituras foram a preparação. Esta pessoa tinha comprado 4 apartamentos e não conseguia paga-los. Estava numa situação difícil em vista disso e não via solução. Hoje está muito bem. Qual foi a solução? Soltar os apartamentos. Devolver os apartamentos e “perder” os 100 mil que já tinha pago. Precisou ler 8 vezes para soltar os 100 mil. Soltou e resolveu todos os seus problemas.

 

O Colapso da Função de Onda de um Co-Criador funciona porque ele tem 100% de certeza de que cria a realidade. Só que o Co-Criador Consciente nunca cria a realidade para si, para seus objetivos pessoais ou particulares. Um Co-Criador só serve. Como dizem os Vulcanos: “estamos aqui para servir”. E os Vulcanos são extremamente racionais e lógicos. A capacidade de Co-Criar é uma função divina. E como uma função divina só pode ser usada para ajudar. Nunca para os próprios interesses. Porque nesse ponto não há mais os próprios interesses.

 

Tudo isso está claramente colocado no site da Igreja Cristã de Aton. Ela é uma consequência de tudo aquilo que foi explicado durante todos esses anos. É a consequência natural. Se o site for lido com olhos de ver e analisado com cuidado, se verá tudo aquilo que está dito aqui. E dito nas palestras e livros. Ninguém cita o Mestre sem que esteja de acordo com Ele. Se o Mestre é citado como exemplo, qual dedução tirar disto? É óbvio que todo o ensinamento do Mestre está sendo passado de outra forma, está sendo explicado em outras palavras, para facilitar o entendimento.  Talvez ainda não tenha sido entendido o que significa unificação da ciência com a espiritualidade. E o que significa a Centelha Divina. Somente haverá paz neste planeta quando isso for entendido. Somente haverá prosperidade para todos quando isso for entendido. Uma só visão de mundo. Tudo unificado em todas as áreas de comportamento humano. Tudo mudará quando essa unificação for conseguida. Nesse dia não haverá mais pobreza, exploração, mutilação, prostituição, etc.

 

Quantas vezes foi dito que soltar é a solução? O desapego. Pois, somente quando paramos de por pressão para conseguir algo é que o universo pode prover. Somente quando paramos com a ansiedade é que o universo pode prover. Trabalhar e soltar. Esta é a solução. Fazer a sua parte e soltar. No devido tempo o resultado aparece. De acordo com as Leis Divinas. O universo foi projetado para que todos possam ser felizes. Mas, isso depende do livre arbítrio de cada um. Cada um fazendo a sua parte todos terão a sua parte da felicidade.

 

 

 

 
Individualização e Individuação

 

 

O trabalho de individualização começa desde que o bebê nasce. Se tudo corre bem ele torna-se um ser adulto autônomo, independente e realizador. Torna-se um indivíduo com uma personalidade bem definida. Um ego definido.

 

Em DS9 vive um ser da espécie Trill. Os trills são seres que precisam de um hospedeiro para viver. Quando o hospedeiro envelhece eles se mudam para outro hospedeiro. Que podem ser masculinos ou femininos. Eles alternam de corpos e gêneros. Curzon Dax era um hospedeiro masculino e agora Jadzia Dax é um hospedeiro feminino. Dax está vivendo a 328 anos e já teve nove hospedeiros. Nove vidas. Cada hospedeiro tem uma personalidade bem definida, mas no fundo todos são Dax. As duas personalidades convivem harmoniosamente.

 

Se a individualização foi bem-sucedida a próxima fase e a mais difícil é a individuação. Que é a unificação do indivíduo com o Self.  A união do self com o Self. É isso que Nietzsche quis dizer quando falou do super-homem do futuro. E não foi entendido. Pensaram que o super-homem seria um homem com um self mais desenvolvido, mas o que ele quis dizer foi que seria a unificação do self com o Self. A unificação do indivíduo com a Centelha Divina. Evidente que nem ele nem Jung usaram essa terminologia.

 

Na série Voyager temos um holograma médico de emergência. Um holograma consciente e que evoluiu. Da mesma forma que o hollodeck pode criar qualquer realidade, pois a realidade é uma transformação de energia em matéria, Doc (o holograma) também é um ser materializado que executa qualquer função como os humanos (também seres de energia materializada. Luz congelada).

 

Quando a individualização não foi bem-sucedida, a alienação, a resistência ao crescimento, aparece como desorientação e ansiedade. Assumir a consciência é a única forma de ser feliz. Qualquer outra abordagem com a consciência não dá resultado. Em última instância a consciência é a única realidade que existe. Toda a realidade é pura consciência. O que se chama matéria é apenas a energia da consciência transformada em massa. Quando como dizem que o Bózon de Higgs dá massa ao universo. Tudo é energia e consciência. Ou energia e informação. A consciência fica mais complexa na medida em que assimila mais informação.

 

Quando a individuação foi bem-sucedida houve um salto de consciência, um salto de paradigma, um novo ser, uma nova forma de vida. O ego fundiu-se com o Self.

 

Data é um androide que tem autoconsciência. Sabe que é uma forma de vida e procura evoluir para o estado humano. Tem um cérebro positrônico. Data não sente emoções porque não tem um chip emocional (um sistema nervoso central). Analisa tudo com pura lógica. Como Data não tem desejos, ele consegue salvar a Enterprise inúmeras vezes, já que é capaz de usar a razão para tomar decisões.